Amor eterno...

Lilypie First Birthday tickers

sexta-feira, abril 27, 2007

Amar...

Amar é...

Saber esperar.
Saber ter a paciência necessária para que cada um de nós tome as decisões que sejam mais sinceras em relação ao nosso ser. Por muito difíceis que possam ser.

"Amo-te". Apenas 5 letrinhas, e uma força inata tão grande que assusta.

Hoje surpreendi-me a rir sozinha no carro.

Amar é esperar.

6 clips:

pensamentos de cão disse...

Quem espera sempre alcança e as coisas mais maravilhosas, muitas vezes, acontecem-nos sem esperarmos... Vive cada dia intensamente mas, não te deixes envolver pela ansiendade de encontrar o amor verdadeiro, assim só te vais estar a enganar a ti e aos outros.O "príncipe encantado" acaba sempre por aparecer e o melhor é que não precisas de lhhe mandar a morada! Ele descobre o caminho sozinho! O meu descobriu... lol

pensamentos de cão disse...

PS: e olha, os "príncipes encantados" já não são feitos com o mesmo material de antigamente, tipo histórias da cinderela e branca de neve, eles agora também trazem defeitos de fabrico e a ausência de livro de instruções é outra das falhas que tenho a apontar... Mas, com jeitinho as "princesas" adaptam-se a aprendem a lidar com o assunto. O que quero dizer é, não cries muitas expectativas à partida, nem faças grandes planos para o futuro! Mas, também não assuste logo o "príncipe". Vai-te adaptando, cede um bocadinho aqui, faz uma pressãozita ali... Estás a perceber???? Vou voltar às notícias, que isto não é vida...

Luís disse...

O principe encantado... ou pele menos o principe já apareceu, muito obrigado. Ele sabe a morada e ela também sabe a dele. E sim, tem os seus defeitos e virtudes mas não adaptando e pressionando que se resolve nada. É amando uma pessoa pelo que ela é.

Ainda à espera...

pensamentos de cão disse...

Ao escrever o comentário não me estava a referir a ninguém em particular. Escrevi de forma hipotética, a respeito de todos os possíveis "pricipes", se alguém se ofendeu com isso pois... temos pena! Agora, quem se ofendeu devia realmente reflectir um pouco sobre o que escreveu... O principe encantado existe para a pessoa que o vê como tal e não para quem julga que é. Será que me fiz entender?! Não, não estou a lançar nem directas, nem inderectas, sobre nenhum assunto possível ou imaginário que possa passar pela moleirinha de quem lê este blog, que isso fique bem claro. Quero apenas dizer aquilo que escrevi: alguém pode ser um principe/princesa para mim mas, isso não significa que o inverso aconteça. No meu caso pessoal sou uma sortuda: o sentimento é reciproco, está provado e documentado! LOL Quanto à Tita, se já encontrou o principe dela pois, só ela e o coração dela é que sabem!...

pensamentos de cão disse...

PS: uma relação de amor faz-se de cumplicidade, amizade, tolerância e também cedências. Uma pessoa tem que se adaptar à outra porque, se no início tudo é muito bonito, muito romântico, muito idílico (chama-se a isso o fogo da paixão), com o passar do tempo a relação evolui: ou para um amor verdadeiro, ou para conflito total. Acho muito acertada a frase "Amar uma pessoa pelo que ela é", concordo plenamente, mas o que ela é inclui defeitos e virtudes e é preciso aprender a lidar com eles de forma verdadeira, cedendo e adaptando às vontades do outro, sim, mas também sabendo impor as próprias necessidades. A paixão pode surgir de um olhar, a relação controi-se e alimenta-se todos os dias, chegando ao ponto de com um simples olhar se perceber o que vai na alma do outro.
Ah! E não precisa agradecer, sempre às ordens!LOL

White_Fox disse...

Gostei mt do teu blog (e principlmente deste post)!
Obrigado pelo comment. bjs

Rascunhos antigos