Amor eterno...

Lilypie First Birthday tickers

quarta-feira, janeiro 30, 2008

Memórias...

Midnight, Not a sound from the pavement
Has the moon lost her memory?
She is smiling alone
In the lamplight
The withered leaves collect at my feet
And the wind begins to moan

Memory, All alone in the moonlight
I can smile at the old days
I was beautiful then
I remember
The time I knew what happiness was
Let the memory live again

Every street lamp
Seems to beat
A fatalistic warning
Someone mutters
And a street lamp gutters
And soon it will be morning

Daylight, I must wait for the sunrise
I must think of a new life
And I mustn't give in
When the dawn comes
Tonight will be a memory too
And a new day will begin

Burnt out ends of smoky days
The stale cold smell of morning
The street lamp dies
Another night is over
Another day is dawning

Touch me, It's so easy to leave me
All alone with my memory
Of my days in the sun
If you touch me
You'll understand what happiness is
Look a new day has begun...



Hoje entrei de férias. Tive exame de piano. Assassinei por completo o 1º andamento da Sonata K. 570 em siB M de Mozart, mas o resto foi razoável.

Toquei chopin, o nocturno op. 55 nº 1 em Fá m... e garanto. Durante 3 ou 4 compassos senti-me... dona do Mundo.Como se não fosse eu a tocar. O jurí poderá não ter gostado, mas foi uma sensação óptima. Durante aqueles compassos fiz música. Transcendi-me. Posso ter uma nota horrível, mas aqueles pequenos compassos de chopin nunca ninguém, em altura nenhuma, em planeta nenhum, em realidade nenhuma, mos poderá tirar. Não fui eu a tocá-los. O meu professor chamar-lhe-ia inspiração - peço desculpa, eu opto por acreditar que naqueles compassos fui levada ao colo.

É de facto uma memória mais preciosa que o ouro. Mais preciosa que tudo. Só por aqueles compassos, valeu-me a pena ir a exame.

Agora sei que sou capaz.

Não serei nunca nenhum génio, nem nenhuma intérprete a sério, mas tocarei piano para o resto da minha vida. Apenas assim transmito o que sinto, em quem não gostar... não oiça. Não toco a não ser para mim e para quem me guia.

Obrigada. Obrigada.

3 clips:

Luís disse...

Estranho... não me disseste nada disso...

Parabéns...

pensamentos de cão disse...

belo post! Com um toque final à Amália Rodrigues... ehehehe Boas férias linda! ;)

pensamentos de cão disse...

Ai agora andas armada em esquisita... só aparece no blog aquilo que tu deixas... ai, ai! Quer dizer que já não posso vir para aqui com os meus discursos filosóficos (sobre principes e princesas) que tem tudo de ir ao lápis azul primeiro... humm, não sei não...

Rascunhos antigos