Amor eterno...

Lilypie First Birthday tickers

sexta-feira, maio 28, 2010

Das coisas que vocês não sabem sobre mim

"Ah e tal és estranha", dizem-me muitas vezes.
Meus caros...
Mais estranha do que vocês alguma vez imaginaram!!
Querem um exemplo? Eu dou-vos um exemplo.
O que é que todas as criancinhas sonham em ser?
Astronautas, princesas, professoras, coisas normais e simples.
Aqui a Rita queria ser...


Txan-txan-txan-txan....


Bruxa e Domadora de Leões!

(vá, riam-se agora tudo o que tiverem para rir, e eu já explico o porquê destas minhas sábias escolhas... já está?... não?... ok, eu espero mais um pouco.... pronto, acho que posso continuar)

Ora bem, eu queria ser bruxa. Mas não uma bruxa daquelas feias. Não. Isso era a bruxa má da Branca de Neve, e eu não sou má! Nunca gostei daquela bruxa a tentar envenenar a Branca de Neve (mas ela também coitadinha, era um bocado lerdinha... nunca aprendeu que não se devem aceitar prendas de estranhos!), isso é errado, não se faz. Tss tss tss, raio de educação que aquela bruxa teve!

Felizmente a minha Mãe deu-me uma educação 5 estrelas, e então eu era uma bruxa mas uma bruxa boa.

Mas porquê bruxa, perguntam vocês?

É simples! Na minha idade de então, as bruxas usavam bolas de cristal! Dah! E conseguiam ver o futuro, e fazer poções mágicas! E conseguiam alterar o futuro, e fazer Bem, e fazer tudo o que os outros precisassem para melhorar as suas vidas. Mas sobretudo o que me atraía na profissão de Bruxa era poder olhar para a bola de cristal, como a da Magda Patalógica. Era o meu sonho!

Cumpre-me dizer que se cumpriu em parte... tenho um colega que me chama bruxa. Infelizmente nunca comprei nenhuma bola de cristal... nem aprendi a ver o futuro nela... enfim... em vez disso tornei-me arqueóloga e em vez de ver o futuro escavo o passado. Não está mal para mudança de direcção, hein?

No resto da semana, quando não fosse bruxa, seria domadora de leões.

Pois claro!

Já me estava a ver... num fato cheio de lantejoulas, no meio do circo, com um chicote na mão, encerrada numa jaula com três, quatro ou cinco feras. O chicote poderia ser posto de lado, porque eu seria tão amiga dos leões (com a ajuda das poções mágicas que faria no resto da semana, pois claro!, para que eles não me mordessem) que até colocaria a minha cabeça dentro da bocarra deles (agora que penso nisso, devia colocar uma mola no nariz... só para prevenir os maus cheiros e tal...).

Em vez de domadora de leões tornei-me professora de Piano. Acreditem... não anda muito longe da verdade. Tive alunos que transformavam o mais feroz dos leões num anjo... Mas o chicote nunca foi preciso, e orgulho-me disso!

Acho que a única previsão do futuro que acertei quando tinha cerca de 4 anos e queria ser bruxa e domadora de leões é que neste momento partilho o meu tempo entre as duas profissões... Menos mau, menos mau, alguma coisa acertei.

No entanto, não acertei o suficiente para  me decidir a começar a jogar no euromilhões...





"Nosce te ipsum"

8 clips:

Shell disse...

Aii Rita... Fartei-me de rir com a tua ideia de querer ser bruxa ! Mas não penses que és a única que eu cá queria ser mágica :D LOL ! Ainda bem que a ideia passou rápido * beijinho

Rita disse...

Ahahah Shell! Ainda bem que te fiz rir! Eu própria olho para trás e me rio com o que queria ser... bruxa!!!!! Pronto... se calhar sou mesmo estranha :p

Beijinhos e obrigada pela visita!!!

***

Olhos Dourados disse...

Não lembra a ninguém!

Rita disse...

Olhos: aparentemente lembra. =)

Elias disse...

Ehehehe, muito bom este teu post ;)...

Mas olha, isso da bola de cristal ainda se resolve, conheço ai uma certa loja online ahahaha :P...

Quanto a domar leões, podes sempre fazê-lo com leões-bebés que não costumam morder muito (ou será caso para dizer: ir para educadora de infância e domar bebés-leões? ahahaha... a escolha é tua... hj em dia tudo é possível, graças á pseudo-educação praticada em todo lado... enfim...)

Rita disse...

Loja online, hein? ;)

Opá, acho que os leões bebés mordem mais que os outros! E os juvenis ainda pior! :p

Ana Carvalho disse...

Credinho... quem é que te chamou bruxa??

Sabes, quando eu era pequenina sonhava muitas vezes com bruxas. Eu também não me importava de ser uma, desde que fossa tipo "Sabrina" ou assim. Ah, e o gato preto é essencial! :)

Quanto à história do chicote... acho que se ia tornar perigoso nas tuas mãos, sobretudo no nosso CVI quando eu digo "vamos lá, com mortos e feridos!" :S Tens absolutamente que assistir às minhas aulas de clarinete... às vezes não é nada fácil domar as pestinhas...
Ah e que tal lançar um feitiço aos meus alunos para eles prepararem a aula em casa? Boa ideia :D

Rita disse...

Anocas: adivinha... O joãoinho quatro oitavas, pois claro!!! Quem haveria de ser se não ele??? :p Sim, acho que o chicote ia ser bom para os teus "mortos e feridos", por isso cuidado, muito cuidad! hahahahaha!!!!! Eu sei que não é fácil domá-las... principalmente quando estão "naqueles dias"... felizmente só tive problemas a sério com um aluno. Os outros até se "domavam" bem :p

Rascunhos antigos