Amor eterno...

Lilypie First Birthday tickers

segunda-feira, fevereiro 21, 2011

Era uma vez, há muito muito tempo,

...uma menina que tocava piano e falava francês.
Um dia, um grupo de amigos da menina convidou-a para integrar um projecto musical, um quinteto, solistas com acompanhamento de piano.
Como esse era um dos sonhos da menina, ela aceitou, muito contente. Finalmente ia poder ter um projecto musical, apresentar-se ao público, dar concertos...
Passado algum tempo, a menina, que estudava e trabalhava, não conseguiu ter pronto o repertório para um concerto, porque passou 3 semanas sem poder ir a casa e sem poder ensaiar com os outros membros do quinteto.
Tentou explicar isso, mas não conseguiu.
A única coisa que conseguiu foi uma mensagem por telemóvel a dizer que os membros, dada a situação de quererem crescer musicalmente, optaram por retirá-la do grupo (curiosamente, ainda que mais 3 membros soubessem ler notas, a menina era a única com realmente conhecimentos musicais fundamentados por teoria e história, mas isso agora não interessa nada).
Claro que ela ficou triste... mas optou por resignar-se e continuou com a sua vida, afinal era só um projecto musical e outras oportunidades haveriam de surgir (também ainda não surgiram, mas essa é outra história).
Até que um belo dia, a menina abre o seu email e tem um convite para ir assistir a um concerto do quinteto que já não é quinteto.

A menina acha: "é preciso ter lata! Depois de tudo, mandam convites automáticos por FB. Posso estar errada, mas não entendo qual é o objectivo..."

A menina não vai ver.

Share |





"Nosce te ipsum"

8 clips:

Shell disse...

Há com cada história :x e ainda por cima as pessoas têm uma lata descomunal que me deixa mesmo chocada! Enfim... Beijinho Rita *

Inês Correia disse...

A menina tem toda a razão.

Elias disse...

Pois essas situações são sempre chatas... acontece muito, e as novas tecnologias ainda o tornam mais fácil, é à distância de um clique...

Cidália disse...

Olá Rita
Onde é que eu já vi uma coisa assim?
Enfim..., não te rales.
Como diz a minha mãe:
"O que tiver de ser teu, à tua mão há-se ir parar".
Ou então, melhor assim:
"Quem não te quer, é quem não te merece".
Beijinhos musicais, Cidália

Rita disse...

@Shell: Nem me digas nada. Literalmente jogaram-me fora porque não aceitaram que eu não queria ir fazer um concerto com repertório novo sem ter tido oportunidade de estudar (porque trabalhava num sítio, estudava noutro a 260km de distância e ainda morava noutro), depois quiseram que eu voltasse, e mesmo depois de eu ter dito que não, ainda mandam estes convites. O que choca mais é que quando mando mensagens a tentar saber como estão ou se querem encontrar-se para um café, aí nem se dignam a responder...

@Inês: Pois. A menina está fartinha de ser boazinha...

@Elias: opá, então e um mínimo de bom senso, não??

@Cidália: em primeiro lugar, bem vinda à Secretária da Rita =) Eu sei, e oportunidades de eu ter projectos musicais não hão de faltar =) Simplesmente ontem fiquei mesmo... chateada com esta situação =)

Lu! disse...

E se eu fosse essa menina também fazia o mesmo!

Droky disse...

A menina faz muito bem! Grande menina! :)

***

Rita disse...

@Lu e Droky: pois. A menina fez mesmo isso porque está farta de ser boazinha...

Rascunhos antigos