Amor eterno...

Lilypie First Birthday tickers

sábado, março 20, 2010

Das superstições, manias e afins

Quem nunca ouviu a expressão "não me sento numa mesa onde comigo perfaça o número de 13"? Ou "Não cruzes os copos durante os brindes"?

Há muitas superstições. Cada qual tem as suas. E por muito ridículas que elas possam parecer, acho que ninguém tem o direito de escarnecer delas.

Superstições ou manias. Acho que a separação é difícil. Afinal... como se podem distinguir? Eu pessoalmente não consigo...

Isto devia ser um post mais elaborado, mas devido à hora e à noite difícil que tive ontem graças aos meus vizinhos (o que daria outro post, mas nitidamente desagradável, e como não me apetece perder tempo com coisas desagradáveis...)

Todos nós, por muito civilizados que sejamos (como se superstições tivessem a ver com grau de civilização!...), temos as nossas manias e superstições.

Eu então sou um compêndio!

Vejamos:

- Não passo por baixo de um escadote;
- evito cruzar-me com gatos pretos;
- não me sento a cantos das mesas porque me quero casar;
- Acabo de recusar mostrar um penteado que se calhar quero para o meu casamento ao E. porque dá azar o noivo ver a noiva antes. E para mim isso implica vestido, penteado, maquilhagem, tudo.
- visto e calço sempre o lado esquerdo do corpo primeiro. Sempre. Sem excepção.
- Deixei de assobiar porque "menina que assobia não casa".
- saio sempre, sempre, sempre com o pé direito das escadas (mesmo que para isso tenha que "trocar o passo" a meio das mesmas)
- conto sempre o número de degraus quando subo ou desço escadas (até hoje me lembro que até ao 1º andar da Torre Eifell são 319 degraus. Subidos à la pate com 8 anos.)

Acho que podia enumerar muitas mais... o que é curioso é que há umas que nunca "pegaram" comigo. Não tenho problemas em sentar-me numa mesa com 13 pessoas, ou em cruzar talheres, ou abrir guarda-chuvas dentro de casa, ou em partir espelhos, ou em cruzar copos nos brindes....

Enfim, vivam as superstições! Tornam a vida bem mais divertida!


"Noscete ipsum"

4 clips:

Elias disse...

...ou então tornam a vida muito mais complicada, e por vezes pode ser mesmo irritante, para ser muito sincero... eu cá não tenho nenhuma, e as poucas que ainda pudesse ter tido, eu próprio um dia fartei-me e "desfiz" essas cenas, ao "arriscar" e contrariar tudo que eram, e claro, o resultado receado, obviamente que NÃO aconteceu... a última foi um daqueles emails estúpidos (tirando a cena que dizia nele, até era interessante) mas no fim dizia: ah e tal, tem de enviar em não sei quanto tempo a não sei quantas pessoas, senão acontece isto e aquilo, e dps dava exemplos de pessoas q supostamente sofreram por causa disso... bah, não enviei, e NEM li até ao fim, e até agora nada me aconteceu lol...

Pequena nota de lado: hoje tou numa de defender a libertação de todas as regras e costumes e hábitos impostos seja por tradições, religiões ou outras cenas, a não ser no caso de serem coisas boas... sim, hj sinto-me radical e livre... façam como eu, partam essas correntes todas ahaha :P

Helena disse...

Ena... Essa dos degraus é forte :) Eu acho que não tenho superstições... Mas se entretanto me lembrar de alguma ainda te venho dizer!

Beijinhos

Helena

Lu! disse...

Tive que me rir com este post...

LOL

Eu não ligo a nada, mas mesmo nada a isso...

Estou a tentar lembrar-me se tenho alguma mania mas definitivamente nada me ocorre...

LOL

Beijinhos

Rita disse...

Esqueci-me de referir outras que também tenho: entro sempre com o pé direito numa sala onde vá ter um exame/conferência/apresentação; entro sempre com o pé direito em palco; benzo-me sempre antes de entrar em palco ou antes de um exame importante; mando sempre todos à "merde" antes das provas deles e exames deles; não deixo que me agradeçam e não agradeço quando há estes "mandanços à la merde"...

Ui, realmente sou complicatida...

Rascunhos antigos